Uma questão kármica

Certezas da vida há que não precisam de ser testadas. Basta estar atento a este prisma: energias boas trazem episódios positivos para a nossa vida, ao passo que energias menos boas atraem episódios com pendor mais negativo. Não se trata de uma verdade universal, absoluta e incontestável. Não é observável de forma inequívoca. Não é, longe disso, uma questão religiosa e de causa/efeito. Trata-se antes de uma forma mais agradável e recompensadora de estar na vida. Porque se fizermos o que está ao nosso alcance para fazermos os que nos rodeiam felizes, estaremos indubitavelmente a ser sublimes 🙂

[…]
Love is what I got
It’s within my reach
And the Sublime style’s still straight from Long Beach
It all comes back to you, you’ll finally get what you deserve
Try and test that you’re bound to get served
Love’s what I got
Don’t start a riot
You’ll feel it when the dance gets hot
Lovin’, is what I got, I said remember that
[…]

Retirado de “What I got”, Sublime (1996)

escrita por Bradley Nowell, Bud Gaugh, Half Pint e Eric Wilson


Advertisements